Browse Author by israel
Desenvolvimento Pessoal

Ganhar dinheiro com artesanato?

Já pensou em monetizar a sua paixão por artesanato?

Sim, isso é possível. E agora vou te mostrar um guia de como ganhar dinheiro com artesanato, trabalhando de casa e fazendo o que você gosta.

Primeiramente vamos entender quais as melhores ideias para ganhar dinheiro e como começar nesse negócio!

  • Trabalhe com produtos que tem demanda

Se você deseja lucrar com artesanato, faça produtos que o público tem interesse de comprar. De nada adianta criar lindas peças que não têm procura.

Descubra um item que seja fácil de vender, mas também que você tenha afinidade em trabalhar com ele

  • Trabalhe produtos com boa margem de lucro

Escolha produtos que você possa vender por um preço atrativo para o cliente, mas que cubra as despesas de fabricação, e claro, seu lucro!

  • Idéias para artesanato:

Sabonetes Artesanais

Eles são lindas lembranças que destinadas para presentear em várias ocasiões. São itens baratos para a produção e que podem ser revendidas a um valor acessível e, portanto, muito fáceis de serem comercializadas. Além disso, você também poderá fazer itens exclusivos para kits de aniversário, chá de bebê e casamento.

Para produzir em média 30 unidades, você irá gastar em torno de R$ 25 (cerca de R$1,20 a unidade) e você poderá vender por R$ 10 cada sabonete. Isso irá lhe dar um retorno médio de R$ 264 por 30 unidades, ou seja R$ 8,80 de lucro por sabonete. Se, no final do mês, você vender 200 sabonetes terá R$ 1.760,00 de lucro.

Isso vendendo apenas unidades avulsas de sabonetes, mas se trabalhar com pequenos kits, o seu lucro será ainda maior e eles são a principal procura dos clientes. Ou seja, você pode faturar um bom dinheiro mensalmente produzindo e vendendo sabonetes artesanais.

– Tiaras e Laços

As Tiaras e Laços estão bastante em alta. São excelentes presente e possuem boa relação de custo de fabricação e de venda.
Para saber mais sobre esse produto, recomendo o curso Fábrica de Laços e Tiaras, um curso muito completo, se você realmente quiser ganhar dinheiro fazendo artesanato!

Encadernação Artesanal

A encadernação artesanal também tem sido muito procurada por quem busca personalizar álbuns de fotografia, agendas, cadernos, livros de receita, entre outros itens.

Um exemplo: a produção de um caderno poderá custar R$11, o preço de venda R$25, o que lhe dá R$ 14 de lucro por unidade. Quanto mais complexo e bonito e detalhado o trabalho, maior poderá ser o preço final. Alguns são vendidos a até R$ 70.

Onde e como vender artesanato?

A grande dúvida dos artesãos que estão iniciando é onde e de que forma comercializar suas peças.

A internet, com certeza! Enfoque nas redes sociais e blogs são ótimas opções porque geram bastante visibilidade.

Além disso, existem muitos sites em que você pode vender e divulgar seus produtos.

A grande vantagem é a possibilidade de exibir seu trabalho para um grande público. Entre os principais estão: Rede Ateliê, Elo7, Solidarium e Tanlup!

Agora, é mão na massa, e boa sorte!

Desenvolvimento Pessoal

A história do desenho

Ainda na pré-história, quando  o homem ainda vivia nas cavernas, já se tem dados da capacidade humana de desenhar. É o que se nota por exemplo nas pinturas rupestres, que era utilizadas como meio de comunicação e expressão.
Com o decorrer do tempo, o desenho passou a ser melhor utilizado e em nas mais variadas formas. É considerado um precursor da escrita, fotografia, cinema, entre outros.Nos tempos antigos, principalmente no Egito, onde era comumente utilizado para decorar tumbas e templos. Isso era tão forte que, seu um egípcio tivesse os desenhos de sua tumba raspados, era sinal de condenação.

Na mesopotâmia o desenho foi usado para criar representações da terra e de rotas de forma bastante primitiva. O inicio da representação cartográfica de rotas comerciais e domínios ganha ânimo com a expansão do Império Romano e a popularização de suas cartas.

Ora ilustrando templos sagrados e tumbas, como dos egípcios onde se vê descrita toda a história da vida cotidiana e mesmo da vida após a morte, ora ilustrando os deuses mitológicos gregos, ou ainda, conduzindo navegantes por mares desconhecidos como durante os séculos XV e seguintes, a arte de desenhar acompanhou o homem durante todo seu desenvolvimento fazendo parte de sua história e, ainda hoje, é capaz de surpreender e encantar a qualquer um que se permita uma breve contemplação.

Um fato realmente importante para todas as formas de desenho foi a invenção do papel pela China há mais de três mil anos. Até então eram usados diferentes materiais para as representações como blocos de barro ou argila, couro, tecidos, folhas de palmeira, pedras, ossos de baleia, papiro (uma espécie de papel mais fibroso muito usado pelos egípcios) e  bambu. Estima-se que no ano VI a.C. os chineses já usavam um papel de seda branco próprio para desenho e escrita. Mas, o papel da forma que conhecemos hoje surgiu em 105 d.C. tendo sido mantido em segredo pelos chineses durante quase 600 anos. A técnica, embora tenha evoluído, ainda mantém o mesmo princípio de extração de fibras vegetais, prensagem e secagem.

As ferramentas usadas para fazer o desenho também foram bem diferentes até que se inventasse a tão comum caneta em esferográfica, em 1938. O primeiro “utensílio” usado para desenhar foram os dedos com os quais os homens da caverna fizeram suas pinturas rupestres, depois foram utilizadas, na Babilônia,  pedaços de madeira ou osso em formato de cunha para desenhar em tábuas de argila (daí o nome da escrita “cuneiforme”). Com a descoberta do papiro pelos egípcios foi necessário desenvolver outros materiais para escrita e o desenho. Começou daí a ser utilizados madeira e ossos molhados em tinta vegetal e, depois, as penas ou ainda o carvão que já era utilizado pelo homem das cavernas. No século XVIII começou a ser de metal e em 1884, Lewis E. Watterman patenteou a caneta tinteiro, precursora das esferográficas.

Da mesma forma que os instrumentos utilizados para o desenho evoluíam, o próprio desenho evoluía junto. No Japão, a época mais próspera dos samurais (1192 a 1600) o desenho experimenta um grande crescimento. Os samurais além de guerreiros se dedicavam às artes. É no Japão que foi difundida a tinta nanquim criada pelos chineses. Uma tinta preta bastante usada para desenhar e que era feita de um pigmento negro extraído de compostos de carbono queimados.

Da mesma maneira que outras formas de arte, o desenho foi bastante difundido por religiosos seja no oriente ou no ocidente. Dessa forma, a arte mantém ainda uma ligação com o religiosidade, embora no Japão tenha se popularizado a representação da natureza.

Após a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) as caricaturas e charges se difundiram e sua utilização passou a ser alfo corriqueiro. Com a Segunda Guerra Mundial (1939-1945)  as animações passam a ser utilizadas com muita frequência numa verdadeira “guerra visual”, onde os opositores fazia propagandas e críticas.

No Brasil, inspirado na cultura Japonesa, tem grande difusão o desenho mais conhecido como anime ou mangá. Mesmo depois dos desenhos animados, o  interesse por jovens em desenhar ainda é muito grande. Tanto que existe até curso para se aprender, tanto presenciais como online, como o Curso Método Fan Art, que é totalmente online.

A partir da década de 90, houveram muitas transformações. Vários periódicos começaram a trata do assunto “desenho” em seus trabalhos.

Técnicas sofisticadas, aliadas a tecnologia, fazem atualmente que o desenho se eternize e conquista cada vez mais, profissionais, amantes, admiradores, e artistas e o público em geral!

Desenvolvimento Pessoal

A Verdade Sobre a Atitude


Atitude é uma das palavras mais comumente usadas e ainda mais incompreendidas.

Os gerentes contam às pessoas de vendas que sua atitude controla suas vendas. Os conselheiros dizem que se os casais mudarem sua atitude, seu relacionamento melhorará. Os médicos dizem aos pacientes que fizemos tudo o que podemos; Agora cabe a você.

Você pensaria que qualquer coisa que embala esse poder seria um assunto que é aprendido desde criança. Porém, se você perguntar às próximas 10 pessoas que você conhece o que significa a atitude, você provavelmente receberá dez respostas diferentes.

Quando você tem uma compreensão boa e clara sobre a atitude e a forma como as atitudes são formadas, será muito evidente que apenas uma pequena porcentagem da população controla sua atitude.

Na verdade, a atitude da maioria das pessoas está sendo controlada pela mídia, outras pessoas e as condições e circunstâncias de sua vida. E isso não é bom, uma vez que a atitude tem um efeito tão grande na qualidade de nossas vidas.

Então, vamos falar sobre o que é a atitude e como você pode usar essa informação para mudar qualquer aspecto de sua vida.

O que é a atitude?

Sua atitude é o composto de seus pensamentos, sentimentos e ações.

Vamos dar uma olhada em como cada um desses fatores afeta sua atitude:

• Pensamentos: sua mente consciente tem a capacidade de aceitar, rejeitar ou ignorar qualquer ideia que flua em sua consciência.
Se essa ideia não for internalizada, não terá efeito em seu corpo físico.
Mas vamos dar uma olhada no que acontece quando essa ideia é internalizada …

Sua mente subconsciente tem que aceitar tudo o que está impressionado com isso. E tudo o que está impressionado com a mente subconsciente dita a vibração do corpo. A natureza da ideia que está impressionada com a mente subconsciente determina a vibração ou o sentimento que é expresso.

• Sentimentos: se a ideia é negativa, você expressará emoções negativas. No entanto, se for positivo, suas emoções ou vibrações serão positivas.

• Ações: O corpo, que é o instrumento da mente, é o único meio pelo qual a mente consciente e subconsciente que trabalha em conjunto pode se expressar.

Seja qual for a idéia que fica impressionada com a mente subconsciente DEVE ser expressada através da vibração das moléculas no corpo. Quando essa vibração se torna forte, o corpo deve literalmente se mover em ação.

Por exemplo, quando seus pensamentos e sentimentos, ou sua mente consciente e subconsciente, estão em um estado ordenado (ou em harmonia), essa ordem será expressada em suas ações. Você será calmo, focado e produtivo.

Quando sua atitude muda, tudo em seu mundo muda

Como você pode ver, sua atitude é determinada pela natureza das idéias que você escolhe e se permite se envolver emocionalmente. A expressão física é automática.

Não importa se a escolha é consciente ou inconsciente. É o que é. Você pode dizer: “Eu não sabia”, mas isso é muito ruim; você perdeu. Na vida, não há tolerância para a ignorância.

Então espero que você compreenda claramente por que você nunca deve culpar outra pessoa, condições ou circunstâncias para qualquer desafio que você tenha na vida …
Se você está tendo um problema, sua escolha consciente é a origem do problema. Da mesma forma, a escolha consciente é onde estão todos os futuros êxitos e gênio começa.

*Texto traduzido e adaptado.
*Texto Original em Inglês escrito por Sandy Gallagher

( http://www.proctorgallagherinstitute.com/9355/the-truth-about-your-attitude)